"No próprio dia da batalha, as verdades podem ser pinçadas em toda a sua nudez, perguntando apenas;
porém, na manhã seguinte, elas já terão começado a trajar seus uniformes."

(Sir Ian Hamilton)



quinta-feira, 1 de outubro de 2009

ENTRE A HISTÓRIA E A LENDA – OS EXÉRCITOS SUMÉRIOS

.



A Suméria é geralmente considerada a civilização mais antiga da humanidade, localizava-se na parte sul da Mesopotâmia, apropriadamente posicionada em terrenos conhecidos por sua fertilidade, entre os rios Tigre e Eufrates. Evidências arqueológicas datam o início da civilização suméria em meados do quarto milênio a.C.
.
Os primeiros exércitos dos quais se têm notícias existiram em torno de 2.500 a.C. nas cidades-estado da Suméria. As batalhas travadas entre estas cidades envolviam tropas de infantaria, levemente equipadas e armadas com lanças, machados e adagas.
.
A maior dificuldade enfrentada pelo exército sumério era sua posição estratégica extremamente vulnerável. Somente existiam obstáculos naturais para defesa nas fronteiras a oeste (deserto) e ao sul (Golfo Pérsico). Quando inimigos mais poderosos apareceram no norte e leste, os sumérios tornaram-se suscetíveis ao ataque.
.
As cidades sumérias eram defendidas por muralhas. Os sumérios engajaram-se em guerras de sítio entre suas cidades-estado, e as muralhas de tijolos de barro obviamente não podiam deter os inimigos, que já conheciam o material.
.
Para ampliar seu poder de choque, os exércitos sumérios possuíam carroças de batalha – verdadeiros predecessores do carro de guerra -, veículos com quatro rodas de madeira bruta que eram tracionados por quatro onagros. Cada veículo era guarnecido por dois homens: um condutor e um soldado de elite, geralmente armado com uma lança longa.






Outro armamento utilizado pelos soldados sumérios era o arco composto, embora em menor quantidade. O arco era construído por feixes de madeira entremeados com nervos e tendões de animais, o que o tornava mais flexível lhe proporcionava maior alcance do que o arco convencional, feito de uma única peça de madeira. Apesar de pouco difundido nos exército sumérios, o arco composto era a arma mais letal existente na época e existe, pelo menos, um registro histórico de seu uso em batalha. Este armamento, na verdade, somente seria efetivamente desenvolvido e difundido séculos mais tarde.
.
A tecnologia militar rudimentar e o pequeno efetivo destes primeiros exércitos limitou, de uma maneira geral, sua influência às cidades-estado que representavam. Não foram comuns, no período, operações de guerra através da Mesopotâmia ou campanhas de conquista de cidades distantes de suas bases.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário